Sobre Mudança e Transformação em tempos de crise... | Carreiras & Oportunidades

Sobre Mudança e Transformação em tempos de crise...



Nada no mundo é imutável. Esta é uma realidade. Nem uma rocha fica sempre num estado inalterado, pois seja pela ação do vento, da agua ou qualquer outro elemento da natureza, a pedra sofrerá um desgaste que pode parecer imperceptível para nossos olhos, mas existe.

 

 

A ideia de mudança a priori pode ser assustadora, pois com ela vêm a visão de um panorama desconhecido que 90% dos casos nos induz a essa ancestral emoção: o medo. Se sairmos do ambiente conhecido, ou se, pior ainda, somos forçados a sair dele, essa sensação de incerteza nos captura e pode chegar a nos paralisar.

 

 

Que podemos fazer perante um panorama onde a mudança parece que se impõe? Lhes parece um panorama esquisito? Sabiam que todas as informações que um cidadão médio consome e absorve numa semana na atualidade é o equivalente ao que um cidadão da antiga Roma consumia durante a vida toda?

 

 

Estamos imersos num mundo que avança a passos de gigante e a velocidade da luz... o que ontem era novidade hoje já foi superado e está prestes a ficar obsoleto. No que tange aos avances tecnológicos que trazem inovação na área da saúde, da educação, da nutrição, enfim, tudo aquilo que impacta positivamente no ser humano esta velocidade na mutação é bem-vindo; já outro tipo de rápidas mudanças: de hábitos, costumes e relacionamentos de questionável positividade já é outra história, que merece inclusive a atenção de uma coluna inteira para tratar sobre o assunto.

 

 

Para não fugir do assunto, qual pode ser uma atitude inteligente perante o panorama de mudança veloz que descrevemos? Já que se trata de uma realidade da que não podemos fugir, a menos que decidamos fazer um giro radical de vida e nos isolar num estilo de vida rústico no meio da natureza ao estilo autossuficiente (atrativo, mais pouco provável), a opção que nos resta é: a própria transformação. Mas... como devemos entender esta “transformação”?

 

 

A priori mudança e transformação podem parecer similares, mas a mudança pode vir de dentro, realizar uma mudança a consciência, mas também pode ser que uma mudança nos venha imposta, sem ter a opção de escolher a permanência. Enquanto a transformação traz com ela uma intencionalidade, a transformação surge de algum lugar onde a motivação para fazer diferente do que se fazia impera.

 

 

Então, esta pode ser uma chave que nos ajude a encarar a o panorama desconhecido que nos inspira medo e pode até nos paralisar (como é o da crise que todos os meios de comunicação anunciam nos últimos meses) , e dizer: “Eu escolho observar o entorno, sua mutabilidade, me armar de recursos, trabalhar minha adaptabilidade e me transformar”. E assim andar em coerência, primeiro e fundamentalmente comigo mesmo, e depois com o contexto constantemente mutante em que nós escolhamos interagir.

 

 



Cophyright © 2017 Carreiras & Oportunidades - Grupo Reis. Todos os direitos reservados.
"Tudo posso em Cristo que me fortalece." (Fp 4:13)